Wednesday 12 May 2021
Home      All news      Contact us      RSS      English
campogrande - 22 days ago

Propostas para explorar o turismo no parque só até sexta-feira

Os parques nacionais estão repletos de atrações para os turistas que apenas curtem contemplar a natureza e para os que amam se aventurar em meio as paisagens naturais. Áreas de preservação ambiental criadas pelo governo federal para evitar a degradação dos ecossistemas, os parques oferecem grande diversidade de atrativos como grutas, cachoeiras, poços, rios e cânions que podem ser acessados por trilhas cercadas de muito verde.  Mato Grosso do Sul, um estado privilegiado em atrações turísticas naturais, e com alguns dos destinos de ecoturismo mais visitados do Brasil, como o Pantanal e Bonito, está próximo de abrir o Parque Nacional da Serra da Bodoquena para visitação a partir de concessão para a iniciativa privada. O prazo previsto no edital para apresentação de propostas vence na próxima sexta-feira, 23, às 18 horas (horário de Brasília).   No lançamento do edital, em 22 de fevereiro de 2021, o prazo estabelecido era até o dia 24 de março, mas acabou prorrogado. O Ministério do Turismo não explicou o motivo do adiamento, mas o fato é que os interessados ganharam mais tempo para cadastrar suas propostas no site da Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura).  De acordo com o MinTur, serão seguidas as regras do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), criado no âmbito da Presidência da República, pela Lei nº 13.334, de 2016, para agilizar os investimentos em infraestrutura por meio de parcerias entre os setores público e privado. As propostas selecionadas terão prazo de 120 dias após a assinatura de contrato para a elaboração de estudos e projetos de operacionalidade, engenharia, arquitetura e viabilidade econômico-financeira do parque.   Além do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, em Mato Grosso do Sul, outras oito unidades de conservação de Brasília, Mato Grosso, Ceará, São Paulo, Rio de Janeiro, Piauí e Amazonas também estão na lista de concessões para parceria com a iniciativa privada. “As concessões devem impulsionar o turismo brasileiro com melhorias na infraestrutura turísticas dos atrativos por meio da iniciativa privada”, diz nota divulgada pelo Ministério do Turismo. A medida permite a concessão dos serviços públicos de apoio à visitação, conservação, proteção e gestão das unidades, mantendo os parques como propriedade da União, e prevê que o parceiro privado fará investimentos mediante obrigações a serem cumpridas e fiscalizadas pelo setor público. Veja no link como cadastrar propostas no site oficial da Unesco .


Latest News
Hashtags:   

Propostas

 | 

explorar

 | 

turismo

 | 

parque

 | 

sexta

 | 

feira

 | 

Sources