Thursday 13 May 2021
Home      All news      Contact us      RSS      English
campogrande - 1 month ago

Com adesivo no braço, motoristas de ônibus pedem prioridade na vacinação

Os motoristas do transporte coletivo urbano de Campo Grande trabalham nesta segunda-feira (12) com um item a mais no uniforme. O adesivo escrito “Vacina Já” no braço faz parte do protesto da categoria por inclusão nos grupos prioritários da vacinação contra covid-19. Aproximadamente 900 motoristas participam da manifestação pacífica que acontece durante todo o dia, sendo metade do grupo pela manhã e a outra metade no período da tarde e esperam conseguir uma resposta do poder público. Segundo o diretor-financeiro do STTCU (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Coletivo Urbano) da Capital, em janeiro a categoria enviou um documento para Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) pedindo a inclusão da categoria nos grupos prioritários, mas até o momento não teve resposta.  “Todo mundo precisa se vacinar, mas existe alguns grupos que entraram na nossa frente como prioridade que eu não consigo entender. O agente de transito por exemplo, muitas vezes nem tem contato com os motoristas, já nós temos contatos todos os dias com os passageiros que trabalham em todas as áreas imagináveis”, comentou William.  Caso o protesto de hoje não tenha efeito, o sindicato pretende encaminhar um novo documento para Câmara dos Vereadores, Assembleia Legislativa e Governo do Estado, além da Prefeitura da Capital. Até o momento, a categoria já registrou três mortes por covid-19 e mais de 10 motoristas que contrariam a doença.  “O transporte coletivo carrega todo mundo. Profissionais da saúde, segurança, e demais áreas. Carregando milhares de pessoas por dia e até agora não foi incluído. Se nós não formos respondidos novamente, aí faremos uma assembleia para decidir qual será o próximo passo”, finalizou. 


Latest News
Hashtags:   

adesivo

 | 

braço

 | 

motoristas

 | 

ônibus

 | 

pedem

 | 

prioridade

 | 

vacinação

 | 

Sources