Sunday 5 April 2020
Home      All news      Contact us      English
ebc - 1 month ago

Carnaval de São Paulo começa com Ilu Obá de Min homenageando Lia de Itamaracá

O paulistano deixou os escritórios nessa sexta-feira para aquecer os tambores para o Carnaval que, nos próximos dias, vira o reduto do samba, do axé, do reggae, do rock e do sertanejo. Carnaval em São Paulo é para todos os ritmos e gostos, e esse ano a prefeitura da cidade aposta que será o maior do país. A expectativa de público para o Carnaval é de 15 milhões de foliões, que vão tomar as ruas da cidade atrás de blocos, bloquinhos e megablocos. Ao todo são 678 grupos oficiais, sem contar os blocos que não registram o espetáculo, os chamados blocos clandestinos. Além do Carnaval de rua, tem também as escolas de samba. Quem inaugura o sambódromo do Anhembi é a Barroca Zona Sul e, até o raiar o dia, sete escolas vão atravessar a avenida. Incluindo a campeã do ano passado, a Mancha Verde.  Neste sábado, outras 7 escolas também do grupo especial tomam a avenida. Mas como já faz parte da tradição, quem abre o carnaval é o bloco Ilu Obá de Min, expressão em iorubá que significa mãos femininas que tocam para o rei Xangô. O bloco que bebe nas raízes africanas é formado por 450 mulheres que assumem os agogôs, alfaias, xequerês e timbês. Homens no bloco, só quatro, que junto com outras mulheres, ocupam o lugar de bailarinos suspensos em pernas de pau gigantes, representando os orixás. Todo ano, o bloco homenageia uma mulher negra. Esse ano, é Lia de Itamaracá, cirandeira pernambucana de 76 anos que é uma referência na cultura popular brasileira. E ela deixou o Carnaval de Recife para abrir o Carnaval paulistano. O que é praticamente uma benção dando boas-vindas à folia de São Paulo.

Related news

Latest News
Hashtags:   

Carnaval

 | 

Paulo

 | 

começa

 | 

homenageando

 | 

Itamaracá

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources