Tuesday 28 January 2020
Home      All news      Contact us      English
Publico - 1 month ago

O gesto mais belo do professor de História

Cem anos depois da matança da Grande Guerra, resta ainda em França uma ferida aberta: a memória dos “fuzilados à laia de exemplo”. Inscrever num monumento aos mortos o nome de um destes homens é um acto de resistência. É uma pequena utopia necessária.

Related news

Latest News
Hashtags:   

gesto

 | 

professor

 | 

História

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources