Tuesday 23 July 2019
Home      All news      Contact us      English
folha - 11 days ago

1969: Guilherme de Andrade e Almeida, o Príncipe dos Poetas, morre aos 78 anos

O Brasil perde um ícone da poesia. Na madrugada desta sexta (11), Guilherme de Andrade e Almeida, poeta, escritor e jornalista, morreu aos 78 anos. Vítima de uremia, o Príncipe dos Poetas passou suas últimas horas ao lado de sua família, em casa, no bairro de Perdizes, em São Paulo.

Durante toda a noite, intelectuais, políticos, militares e sacerdotes velaram o corpo daquele que é considerado o mais paulista de todos os poetas de São Paulo . Em memória ao escritor, o governador Roberto Costa de Abreu Sodré determinou luto oficial durante três dias no estado.

O cortejo fúnebre partirá neste sábado (12), às 9h, da ABL (Academia Brasileira de Letras), onde o poeta ocupava uma cadeira, com destino ao Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32, no Parque Ibirapuera.
Nascido em Campinas, em 24 de julho de 1890, filho do jurista Estevam de Almeida e de Angelina de Andrade Almeida, bacharelou-se em direito na faculdade do largo São Francisco em 1912. Ele iniciou a carreira aos 27 anos, com o livro de poesias Nós (1917).

O poeta foi um dos mais ativos da Semana de Arte Moderna de 1922 e diretor da revista Klaxon. Em 1923, casou-se com Baby Barroso do Amaral e passou a residir no Rio. Regressou a São Paulo em 1925 e, nos anos seguintes, voltou a trabalhar no jornal O Estado de S.Paulo, onde passou a fazer crítica cinematográfica, na coluna Cinematographos , e crônica social.
Leia mais (07/12/2019 - 01h30)

Related news

Latest News
Hashtags:   

Guilherme

 | 

Andrade

 | 

Almeida

 | 

Príncipe

 | 

Poetas

 | 

morre

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources