Tuesday 23 April 2019
Home      All news      Contact us      English
ebc - 30 days ago

Barragem em Barão de Cocais (MG) está em condição crítica de instabilidade , segundo a Vale

Autoridades da região de Barão de Cocais, em Minas Gerais, se reuniram  no Centro de Distribuição da Vale, no sábado, para definir ações diante do risco de rompimento da barragem Sul Superior da Mina do Gongo Soco após a classificação máxima ter subido  do nível dois para três.   Um comunicado oficial da prefeitura da cidade chegou a informar, na noite de sexta-feira (22), nas redes sociais, sobre a chegada ao nível máximo do risco.   A barragem do Gongo Soco é administrada pela mineradora Vale que divulgou um comunicado para explicar a situação.   Segundo a empresa, a sirene foi uma medida preventiva, devido à “condição crítica de instabilidade” da barragem.   A Vale informou ainda, que a sirene tocada na região foi um reforço de segurança, já que a evacuação da área próxima à barragem ocorreu no dia oito de fevereiro, data em que o risco de rompimento havia subido para dois.   Na madrugada de sábado (23), o Tenente Coronel da Defesa Civil de Minas Gerais, Flávio Godinho, concedeu uma entrevista coletiva, em que falou sobre a possibilidade de treinamento da população que mora mais distante da estrutura, incluindo o centro da cidade de Barão de Cocais, onde existem cerca de três mil residências.   Segundo a mineradora Vale, a barragem Sul Superior da Mina do Gongo Soco é uma das dez, do tipo a montante, que estão inativas e faz parte do plano de descaracterização anunciado pela empresa.   O Coronel Godinho passou o sábado (23) em reunião com moradores para tirar dúvidas sobre procedimentos.

Related news

Latest News
Hashtags:   

Barragem

 | 

Barão

 | 

Cocais

 | 

condição

 | 

crítica

 | 

instabilidade

 | 

segundo

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources