Sunday 24 March 2019
Home      All news      Contact us      English
Publico - 1 month ago

Tara Westover, a rapariga que existia à espera do fim do mundo

Cresceu sem certidão de nascimento, sem ir à escola ou ao médico, numa família de religiosos radicais que a preparavam para o fim do mundo. Aos 17 anos, ficou chocada com a dimensão da sua ignorância. Dez anos depois tinha um doutoramento por Cambridge e escreveu as memórias. Uma Educação é uma prova de resistência também na leitura. Ela conta aqui como foi.

Related news

Latest News
Hashtags:   

Westover

 | 

rapariga

 | 

existia

 | 

espera

 | 

mundo

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources