Wednesday 24 April 2019
Home      All news      Contact us      English
netvasco - 2 month ago

Campello: Embora exista uma decisão liminar, ela não é possível de ser executada ; vendas para o Setor Sul estão suspensas

Rádio Brasil @radiobrasil940
Vasco x Flu
Pres Abad ainda irá se manifestar após conversar com pares.
Pres Campello:
Não houve consenso. Existe a posição da Federação, do Bepe, do Vasco e do próprio Maracanã. Embora exista uma decisão liminar, ela não é possível de ser executada. Vendas sul suspensas .

Vasco
Pres Campello:
Mais d 20 mil ingressos vendidos, absoluta maioria para Vasco setor sul. Ñ há como mudar agora, nem local do jogo. Atenderemos liminar e venda sul su e iniciar venda norte Flu até q se iguale ingressos vendidos para CRVG. Outros setores disponíveis.

Alexandre Campello, sobre reunião da FERJ #geflu #gevas pic.twitter.com/QRxHrT6qOF— Felipe Siqueira (@felipe_siqueira) 16 de fevereiro de 2019

#geflu #gevas pic.twitter.com/P4Y4QD48mq— Felipe Siqueira (@felipe_siqueira) 16 de fevereiro de 2019

#geflu #gevas pic.twitter.com/jUDuQAmn2i— Felipe Siqueira (@felipe_siqueira) 16 de fevereiro de 2019

#gevas #geflu pic.twitter.com/D6swdKgSHg— Felipe Siqueira (@felipe_siqueira) 16 de fevereiro de 2019

Fonte: Twitter Rádio Brasil (texto), Twitter do jornalista Felipe Siqueira/GloboEsporte.com (vídeos)


Reunião entre Fluminense e Vasco na Ferj termina sem consenso sobre o setor sul na final

Faltam pouco mais de 24 horas para a final da Taça Guanabara. E até agora Fluminense e Vasco não sabem qual torcida vai se posicionar no setor sul do Maracanã na partida deste domingo. Diante da falta de consenso, o presidente tricolor, Pedro Abad, deixou a reunião na sede da Ferj sem falar com a imprensa e informou que o clube vai se posicionar sobre o assunto. Já o presidente cruz-maltino, Alexandre Campello, disse que não é possível seguir a liminar conseguida pelo Flu.

Não houve consenso. Existe a posição da federação, do Bepe, do Vasco e do próprio Maracanã. Embora exista uma decisão liminar, ela não é possível de ser executada .

- Temos mais de 20 mil ingressos vendidos, absoluta maioria para a torcida do Vasco no setor sul. Não tem como mudar esse curso agora, nem o local da partida. Chegamos a definição de que vamos atender a liminar e suspender a venda do setor sul e iniciar a venda do setor norte para a torcida do Fluminense até que se chegue ao número de ingressos que foram vendidos para os vascaínos. Os outros setores seguem disponíveis - disse Campello.

A liminar citada pelo presidente do Vasco foi obtida pelo Fluminense na última sexta. Na decisão, o juiz Sandro Lucio Barbosa Pitassi, da 37ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro pediu a suspensão da venda de ingressos de setor sul para os vascaínos e estabeleceu multa de R$ 50 mil por hora de venda em desacordo ao que fora estabelecido.

Ainda segundo Campello, o Vasco só decidiu mandara a final no Maracanã porque teve a garantia da Ferj e do Consórcio de que poderia ocupar o setor sul.

- Tanto nas reuniões de quarta como de quinta, após a decisão de que o vencedor de Vasco e Resende seria o mandante da final, questionamos a federação e o Maracanã se o mandante poderia escolher o lado. Ambos foram categóricos ao afirmar que sim.

O Vasco tinha um posição clara. Se não ocupasse o setor sul, não jogaria no Maracanã. Levaríamos para o Engenhão ou para qualquer outro estádio. Mas foi dito pela federação e pelo consórcio que o mandante poderia escolher o lado. Só por isso aceitar o Maracanã .

Nem Vasco e nem Fluminense aceitaram as soluções propostas da reunião. Segundo Rubens Lopes, presidente da Ferj, o cuidado com a segurança e o respeito ao torcedor devem ser mantidos.

- Na tentativa da conciliação, a Federação de Futebol tentou acordo entre Vasco, Fluminense e Maracanã. Sem sucesso. Então, dois pilares nos levaram à conclusão, após consulta ao BEPE (Batalhão Especializado de Policiamento em Estádios) e ao Gaedest (Grupo de Atuação Especializada do Desporto e Defesa do Torcedor), através do promotor Marcos Kac: o cuidado com a segurança e o respeito ao torcedor devem ser mantidos - disse Rubens Lopes.

Em nota, o Maracanã informou que comunicou o Vasco sobre a decisão da Justiça. Confira:

O Maracanã informa que apresentou, no dia 15/02/19, uma petição ao Juiz da 37a Vara Cível informando que a concessionária que administra o estádio está cumprindo a decisão, tendo comunicando imediatamente ao Vasco, mandante da partida, para providências com relação à venda dos ingressos do setor sul à torcida do Fluminense Football Club.

Entenda o caso

A divergência remonta a 1950. Na época, ficou decidido que o campeão carioca teria o direito de escolher onde posicionar a torcida e o Vasco optou pelo lado direito às cabines de imprensa. Em 2013, porém, o Fluminense assinou um contrato com o consórcio que administra o Maracanã, que definia que o Tricolor utilizaria o setor sul do estádio, à direita das cabines, e o Flamengo, o setor norte.

Desde a reabertura do Maracanã, foram disputados nove clássicos entre Flu e Vasco no estádio. Em todos eles, independente do mandante, a torcida tricolor ocupou o Setor Sul.

Fonte: GloboEsporte.com

Related news

Latest News
Hashtags:   

Campello

 | 

Embora

 | 

exista

 | 

decisão

 | 

liminar

 | 

possível

 | 

executada

 | 

vendas

 | 

Setor

 | 

estão

 | 

suspensas

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources