Tuesday 11 December 2018
Home      All news      Contact us      English
desporto - 7 days ago

Fábio Coentrão: Se há clube que amo desde que nasci é o Rio Ave

Fábio Coentrão admitiu em entrevista ao jornal Record que o Rio Ave é o último clube que vai representar em Portugal, apesar das juras de amor ao Sporting no final do jogo de segunda-feira. O defesa de 31 anos admite terminar a carreira em Vila do Conde ou, em alternativa, jogar mais duas temporadas no estrangeiro. Se há clube que eu amo desde que nasci, e nunca saiu do meu coração, é o Rio Ave. Tanto assim é que todas as pessoas que me são próximas sabem que eu, para ir para o Rio Ave, perdi muito, muito dinheiro. Se alguém faz isto para jogar no Rio Ave, é sinal que tem de gostar do clube. Está na cara, nem tem discussão , afirmou Coentrão. Como já disse, não vou jogar em mais nenhum clube dos chamados grandes em Portugal. Disso tenho a certeza. Ou acabo no Rio Ave ou vou para fora mais dois anos. Estou muito grato ao Sporting, como estou grato também ao Benfica, por tudo o que fez por mim quando lá estive. Estou de consciência tranquila. No tempo que estive no Benfica dei sempre tudo aquilo que tinha. O Benfica ajudou-me e eu ajudei o Benfica. Quanto ao Sporting, é e será sempre, a partir de agora, o clube que eu hei de acompanhar para o resto da minha vida , prosseguiu. Acho que é perfeitamente normal cada um de nós ter um clube da terra e gostar de um grande. Quando falei do Sporting, estava a referir-me a isso, nunca metendo em causa o amor que tenho pelo Rio Ave. Isso seria impossível. Aliás, não me lembro de alguém em Portugal ter feito o que eu fiz este ano, ao abdicar do que abdiquei para poder cumprir o sonho de voltar a jogar no clube das minhas origens , termina Coentrão, quando questionado sobre as declarações no final do Rio Ave-Sporting.

Related news

Latest News
Hashtags:   

Fábio

 | 

Coentrão

 | 

clube

 | 

desde

 | 

nasci

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources