Tuesday 18 December 2018
Home      All news      Contact us      English
ebc - 26 days ago

PSL quer assumir a presidência da CCJ da Câmara dos Deputados

Senadores e deputados eleitos do PSL se reuniram nessa quarta-feira (21) em um hotel na região central de  Brasília.   O presidente eleito, Jair Bolsonaro, chegou por volta das 16h30 e permaneceu na reunião por pouco mais de 20 minutos. Bolsonaro foi embora sem conversar com a imprensa.   Esta foi a primeira reunião do presidente eleito com a bancada do próprio partido.   De acordo com os parlamentares presentes, no pronunciamento, Bolsonaro  pediu apoio do Congresso.   Ao deixar o local, o senador eleito e atual deputado Major Olímpio, do partido de Bolsonaro, disse que o PSL pode assumir o posto de maior bancada da Câmara na mini-janela partidária que, segundo ele, pode permitir a troca de partido pelos parlamentares sem risco de perda de mandato.   Com isso,  ele espera que o PSL alcance 61 parlamentares. A partir de 2019, o partido terá 52 deputados federais e quatro senadores.   A deputada federal eleita pelo PSL de São Paulo, Joice Hasselmann, afirmou que o partido vai buscar espaços estratégicos na Câmara.   Hasselmann disse ainda que está articulando a formação de blocos com outras legendas e que oito já estariam fechados.   Questionada, a jornalista acrescentou que a indicação de três ministros do Democratas  para o governo Bolsonaro é coincidência.   Na saída do encontro, o deputado federal eleito Marcelo Álvaro Antônio, do PSL de Minas Gerais, relatou que a disputa pela Presidência da Câmara ainda está sendo discutida internamente e com outros partidos.   Segundo o parlamentar não está definido se o PSL terá candidato próprio.   Ainda de acordo com o deputado, a reunião dessa quarta (21) foi para alinhamento, já que 49 dos 52 deputados eleitos são novos no Congresso.

Related news

Latest News
Hashtags:   

assumir

 | 

presidência

 | 

Câmara

 | 

Deputados

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources