Tuesday 13 November 2018
Home      All news      Contact us      English
ebc - 4 days ago

Viva Maria: Chorando a morte de dona Raimunda dos Cocos, celebramos seu legado

A mãe das quebradeiras de coco babaçu se foi! Morreu Dona Raimunda Gomes da Silva, uma das maiores lideranças rurais que esse nosso Brasil já conheceu. Do Bico do Papagaio, no Tocantins, para o mundo, eu tive o privilégio de estar com ela até na China, na Conferência de Beijing, e em muitos outros importantes momentos da luta das mulheres.   Vítima de diabetes, nossa Raimundinha faleceu em sua residência, no assentamento Sete Barracas, em São Miguel do Tocantins, na noite da última quarta-feira, dia 7 de novembro.   Quis o destino que, a convite da Rede Cerrado, eu pudesse estar ao lado de um grupo de mulheres-tronco, aqui em Brasília, ao receber a notícia da morte dessa amiga cujo nome agora é saudade. Maria do Socorro Teixeira Lima, dona Socorro e Luzanira Lima, ambas quebradeiras de coco e da atual equipe de coordenação da Rede Cerrado, escreveram. com lágrimas. uma nota de pesar em nome da Rede Cerrado.     E, apesar da voz embargada, consegui ouvir Dona Socorro sobre a trajetória de luta que fez de Dona Raimunda a mãe das quebradeiras. Diga lá, minha amiga!     * Nota pé: Nesta edição, em meio a inúmeras homenagens, Viva Maria encontrou o registro de uma entrevista sobre vida e morte, feita em 2004, com a própria Dona Raimunda por ocasião da morte de sua mãe. Ouça!       Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Related news

Latest News
Hashtags:   

Maria

 | 

Chorando

 | 

morte

 | 

Raimunda

 | 

Cocos

 | 

celebramos

 | 

legado

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources